Última actualização: 2018-10-22

Aviso

1 – Os cidadãos nacionais que desejem entrar em Singapura, ou mesmo em trânsito nesse aeroporto para outro destino na região (ex:. Tailândia, Filipinas, Indonésia), devem ser possuidores de um passaporte com a validade mínima de seis meses a contar da data prevista de regresso. Os cidadãos que tentem seguir viagem sem um título com validade suficiente correm o risco de serem imediatamente devolvidos ao lugar de procedência, sem possibilidade de apelo, mesmo que esse lugar seja outro que não Portugal.

O Passaporte Temporário emitido por Portugal é aceite pelas autoridades singapurenses, desde que tenha os seis meses de validade. Contudo, este documento provisório não é aceite por outras autoridades na região – como as da Indonésia – sem um visto prévio que pode demorar vários dias a ser obtido em Singapura, provocando uma estadia imprevista e prolongada nesta cidade. Aconselha-se, assim, que os cidadãos que pretendem viajar pelo Sudeste Asiático via Singapura estejam munidos de um Passaporte Electrónico Português com a validade mínima indicada acima, e a confirmarem que possuem as necessárias autorizações de entrada, para evitarem um regresso forçado a Singapura.

2 – Têm sido reportadas tentativas de extorsão nas principais zonas de diversão nocturna, por exemplo em Clark Quay, através da simulação de situações de assédio sexual supostamente causadas por turistas europeus. Recomenda-se  que seja sempre adoptado um comportamento respeitoso de forma a evitar cenários que, justificadamente ou não, possam constituir uma situação de assédio ("outrage of modesty"). Os mesmos cuidados aplicam-se ao consumo exagerado de álcool e a comportamentos violentos daí resultantes. A simples acusação implica, em muitos casos, a apreensão do passaporte e a impossibilidade de sair de Singapura por um período que pode chegar a vários meses, durante o qual o visado é responsável pela sua subsistência em Singapura.

3 – Foram recentemente aprovadas alterações legislativas que proíbem a participação e a simples presença de cidadãos estrangeiros em manifestações organizadas no "Speaker's Corner" em Hong Lim Park. Desaconselha-se assim a frequência do referido local durante a realização de manifestações e de outros eventos ali organizados.

Nota importante

As presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionam apenas como indicações e conselhos, e são susceptíveis de alteração a qualquer momento. Nem o Estado Português, nem as representações diplomáticas e consulares, poderão ser responsabilizadas pelos danos ou prejuízos em pessoas e/ou bens daí advenientes.

 

Lista de Países