Última actualização:  2018-05-23
 

Nota importante
 
As presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionam apenas como indicações e conselhos, e são susceptíveis de alteração a qualquer momento. Nem o Estado Português, nem as representações diplomáticas e consulares, poderão ser responsabilizadas pelos danos ou prejuízos em pessoas e/ou bens daí advenientes.
 
Aviso
 

As autoridades da República Democrática do Congo (RDC) comunicaram 27 casos de virus ébola na província do Equador, nomeadamente nas cidades de Bikoro, Ingende e Iboko.

Até à data não foram registados quaisquer casos em Kinshasa.

É recomendado:

Manter-se informado da evolução da doença através dos links:

http://www.who.int/news-room/detail/18-05-2018-statement-on-the-1st-meeting-of-the-ihr-emergency-committee-regarding-the-ebola-outbreak-in-2018

http://www.who.int/en/news-room/fact-sheets/detail/ebola-virus-disease,

respeitar as seguintes regras de higiene :

  • Evitar áreas de concentração populacional (mercados, estádios, etc),
  • Não consumir, nem mexer em carne de caça,
  • Lavrar frequentemente as mãos com sabão ou desinfectante,
  • Evitar contactos directos com secreções de doentes com febre, perturbações intestinais ou hemorragias h exteriorizadas pela boca,
  • Em caso de febre intensa consultar imediatamente um médico.

Presente surto tem origem junto a vias lacustres e  fluviais navegáveis da RDC, na Província do Equador. Risco de propagação por essa via à República do Congo e à República Centro Africana está a ser objecto de medidas preventivas desaconselhando -se contudo qualquer contacto com zonas de portos fluviais do Rio Congo, de Kinshasa a Kisangani  e bem assim do  rio Ubangui. 

2. Devido ao contexto politico e ao actual estado de segurança, deverá evitar qualquer viagem que não seja necessária à RDC.
Deverá abster-se de viajar na região Leste e Nordeste da RDC, nomeadamente, nas províncias de Maniema, do Kivu do Norte e do Sul, do Tanganinka do Baixo e do Alto Uele, do Ituri e das fronteiras com o Burundi, o Uganda o Ruanda e o Sudão do Sul.
Desde Agosto de 2016, que é perigoso  deslocar-se às províncias do Kasaï, onde além da miséria social dessa região, repetem-se os  conflitos  armados devido a questões de sucessão dos chefes tradicionais que, nestes últimos meses,  causaram centenas de mortes.
 

 

Lista de Países