Última actualização:  2015-11-20    

Nota importante

As presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionam apenas como indicações e conselhos, e são susceptíveis de alteração a qualquer momento. Nem o Estado Português, nem as representações diplomáticas e consulares, poderão ser responsabilizadas pelos danos ou prejuízos em pessoas e/ou bens daí advenientes.

Aviso

1 - Tendo em conta o atentado ocorrido dia 20 de novembro em Bamako, no Hotel Radisson, que causou diversas vítimas,  recomenda-se grande prudência e vigilância em toda a zona da capital. O risco de atentados é elevado. Devido às ameaças terroristas na região do Sahel e na zona onde decorrem operações militares recomenda-se a todos os cidadãos nacionais residentes ou em missão no Mali  que observem todas as normas de segurança, permaneçam vigilantes e se informem regularmente sobre a evolução da situação.

As deslocações não essenciais no país são desaconselhadas. E o turismo no Mali é também, nesta altura, fortemente desaconselhado.

2 - Desaconselha-se qualquer deslocação às províncias do Norte do Mali, incluindo às províncias de Kidal, Gao, Koulikoro (norte de Mourdiah), Ségou (norte de Niono), Tombouctou (incluindo a cidade de Timbuktu), Mopti e às áreas de fronteira com a Mauritânia (em particular, na província de Kayes).

3 - Ébola - As Autoridades sanitárias malianas declararam o fim da epidemia de Ébola que afetou o país desde novembro do ano transato.

  Número do Gabinete de Emergência Consular:  (00 351) 96 170 64 72

 

Lista de Países