Portal das Comunidades Portuguesas

Ministério dos Negócios Estrangeiros

Jordânia

 
 
Última atualização:  2016-09-06 
 
 
Nota importante
 
As presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionam apenas como indicações e conselhos, e são suscetíveis de alteração a qualquer momento. Nem o Estado Português, nem as representações diplomáticas e consulares, poderão ser responsabilizadas pelos danos ou prejuízos em pessoas e/ou bens daí advenientes.
 
 
Aviso
 
Regista-se um quadro de volatilidade e imprevisibilidade da situação de segurança no país, agravada pela crise na Síria.
 
 

Informação Geral

 
Clima
 
No Verão, o clima é muito quente e seco. No Inverno, a temperatura pode descer consideravelmente nas regiões montanhosas.
 
Língua
 
A língua oficial é o árabe. O inglês tem alguma difusão.
 
 
Moeda local / sistema bancário
 
A moeda local é o dinar. Os cartões são geralmente aceites, principalmente nas maiores cidades. 
 
 

Regime de entrada e estada

 
É necessário um visto de entrada, que poderá ser obtido antes de partir numa Embaixada jordana, ou, no caso específico dos vistos de turismo, adquirido à chegada ao aeroporto de Amã. À saída do país tem de pagar uma taxa em dinares.
 
A partir de 1 de outubro de 2016, as autoridades jordanas passam a exigir, como requisito obrigatório de entrada no país, o preenchimento de um formulário de entrada, que deverá ser apresentado nas fronteiras terrestres, marítimas e aéreas e que será distribuído pelos postos de fronteira e pelas transportadoras aéreas.
 
Para os turistas que pretendam visitar outros países na região, é indispensável estar munido, antes da partida, de um visto para esses países. Regra geral, as Embaixadas destes países em Amman recusam emitir vistos a cidadãos não residentes.
 
Os viajantes vindos de Israel e que desejem entrar na Síria serão impedidos de o fazer se no seu passaporte tiveram carimbos de entrada e saída de Israel. Os viajantes devem pois solicitar às autoridades israelitas de colocar o carimbo numa folha separada.
 
 

Condições de segurança

 
O grau de segurança é, por regra, elevado. Recomenda-se, no entanto, vigilância no que respeita aos possíveis desenvolvimentos da situação regional. Embora se trate de incidentes isolados, recorda-se que recentemente rebentaram bombas em alguns hotéis da capital jordana, para além de outros ataques esporádicos dirigidos contra estrangeiros.
 
 

Transportes

 
Transporte rodoviário
 
Desaconselha-se a condução de veículo próprio, recomendando-se a deslocação em transporte público, ou em veículo de aluguer com condutor ou táxis.
 
Segurança rodoviária
 
Desaconselha-se qualquer viagem durante a noite. Tem-se vindo a verificar um aumento de acidentes graves, mesmo mortais, nas principais estradas devido aos camiões e à fraca sinalização.
 
Em caso de acidente ligeiro, aconselha-se um acordo amigável. Se o caso for mais grave, deverá aguardar a policia. Se houver vítimas jordanas, aconselha-se que se dirija directamente ao posto de polícia a fim de se prevenir de qualquer eventual reacção hostil das testemunhas.
 
Nº útil – Policia das auto-estradas: 534.34.01 ou 191 
  
 

Cuidados de saúde

 
Recomenda-se que vá munido de um seguro. Os cuidados de saúde fora de Amã são básicos sendo aconselhado procurar tratamento na capital.
 
Evite beber água da torneira e ingerir alimentos crus (excepto dos restaurantes de qualidade).
 
Hospitais privados aconselhados
- Jordan Hospital: 560.75.50
- Arab Center: 592.11.99
- King Hussein Hospital: 859.301 
 
 

Informações úteis

 
Convém manter um comportamento e vestuário discretos.
 
Aconselha-se a não criticar o Rei ou a família perante os jordanos.
 
As bebidas alcoólicas são de venda livre, mas o consumo é proibido em locais públicos, com excepção dos hotéis e restaurantes.
 
A posse e consumo de estupefacientes são severamente punidos
 
Não existe representação diplomática portuguesa na Jordânia, sendo os assuntos deste país acompanhados pela Embaixada de Portugal no Cairo:
- Endereço: 12 A Hassan Sabry St., 9º andar, Zamalek, Cairo;
- Telefones: (0020) 227350779 / 81;
- Fax: (0020) 227350799;
- Correio eletrónico: embassy@cairo.dgaccp.pt
- Encarregado da Secção Consular: Dr. Salvador Pinto da França – (002) 01068511611 / Dra. Lília Ramos- (002) 010066587175.
- Horário de Atendimento: de Domingo a quinta-feira, das 8h00 às 15h00 (encerra para almoço das 12h30 às 13h30).
 
Posto honorário de Portugal na Jordânia: Consulado Honorário em Amã
- Cônsul honorário: Sr. Rani Khoury;
- Chancelaria: Caixa Postal 3449, Código Postal 11181 – Amã;
- Telefone: (00 962) 65300600; (00 962) 775111112
- Fax: (00 962) 65300624.
  
Representações estrangeiras (diplomáticas e consulares) em Portugal - http://www.mne.gov.pt/mne/pt/ministerio/CorpoDiplomatico/
 
Partilhar:
FacebookTwitterGoogle +E-mail