Portal das Comunidades Portuguesas

Ministério dos Negócios Estrangeiros

Itália

 

Última actualização: 2017-10-27

Nota importante

As presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionam apenas como indicações e conselhos, e são suscetíveis de alteração a qualquer momento. Nem o Estado Português, nem as representações diplomáticas e consulares, poderão ser responsabilizados pelos danos ou prejuízos em pessoas e/ou bens daí advenientes.

AVISO

Em setembro de 2017, a Organização Mundial da Saúde confirmou a ocorrência de um surto de Chikungunya (doença viral transmitida aos seres humanos por mosquitos infetados) na Região de Lazio, em Itália, nomeadamente na cidade de Roma e nas áreas costeiras de Anzio e Latina. Recentemente foram notificados novos casos na Região de Calábria, município de Guardavalle.

A Direcção-Geral de saúde aconselha aos viajantes com destino às áreas afetadas:

A marcação de Consulta do Viajante ou com Médico assistente, pelo menos 4 semanas antes da partida;

A consulta prévia com o Médico assistente nas seguintes situações:

   - Pessoas com artrites ou outras condições médicas subjacentes (ex. hipertensão arterial, doença cardíaca ou diabetes);

   - Pessoas com mais de 65 anos;

   - Grávidas em estado avançado de gravidez, devido ao risco de doença grave para o recém-nascido cujo parto ocorra durante a doença da mãe;

    - Viajentes com estadia prolongada como pessoas que visitam amigos e familiares, trabalhadores de ajuda humanitária e missionários.

A adoção das seguintes medidas de proteção individual contra a picada de mosquitos:

    - Aplicar repelente de mosquitos em adultos e crianças, ao longo do dia, de acordo com as instruções do fabricante e tendo em conta a duração do efeito.

O repelente deverá ser aplicado após o protetor solar;

  - Proteger as crianças em carrinhos de bebé e berços com redes mosquiteiras;

  - Optar, preferencialmente, por alojamento com ar condicionado ou, caso não seja possível, utilizar redes mosquiteiras nas camas;

  - Utilizar vestuário largo, de cores claras e que diminua a exposição corporal à picada dos mosquitos (camisas de mangas comprida, calças e calçado fechado).

Os viajantes que regressem de Itália, nomeadamente das regiões anteriormente mencionadas e que apresentem sintomas sugestivos de infecão por Chikungunya (febre, dores articulares, dores de cabeça, dores musculares e fadiga), até 2 semanas após o regresso, devem contactar o SNS 24 (808 24 24 24) ou consultar o médico assistente, logo que possível, referindo a viagem.

Informação Geral

Clima

Clima Mediterrâneo: quente e húmido no verão, frio e chuvoso no inverno.

Língua

Italiano.

Moeda local / sistema bancário

Moeda local: Euro.

Embora os cartões de crédito se tenham generalizado, é aconselhável a posse de alguns euros. Para além disso, nem todas as máquinas automáticas aceitam o cartão multibanco.

Regime de entrada e estada

Regime de vistos

É suficiente o bilhete de identidade / cartão do cidadão.

Condições de segurança

As condições de segurança são satisfatórias.

Criminalidade

Embora os níveis de criminalidade sejam baixos, deve-se prestar atenção nos transportes públicos e em zonas onde se encontrem ou formem grandes multidões, uma vez que são muito frequentes os roubos, de puxão, de bolsas de mão ou malas. Um cuidado especial é recomendado nas principais estações de comboios: Estação Termini em Roma, Estação Central de Milão, Estação de Santa Maria Novella em Florença, e Estação Central de Nápoles, bem como nos meios de transporte público e nos locais turísticos de maior afluência de visitantes, incluindo paragens de autocarros, restaurantes, cafés e esplanadas.

Pela mesma razão não devem ser deixados sem vigilância malas ou sacos de mão e, ao circularem na via pública, aconselha-se os turistas a tomar precauções para evitarem furtos, protegendo tanto quanto possível documentos de identificação, cartões de crédito, bilhetes de viagem e dinheiro, trazendo consigo o estritamente necessário para cada dia da estada, deixando o restante em segurança nos cofres dos hotéis. Atenção especial deve ser dada a grupos de jovens que, a pretexto de ajudarem ou ao pedirem dinheiro, tentam distrair com o objetivo de roubar.

Note-se que, apesar de os nacionais portugueses não necessitarem de passaporte para circular na União Europeia, será útil levá-lo em viagem, para o caso de perda ou roubo do cartão de cidadão, tendo o cuidado de o guardar em local distinto (no cofre do hotel, por exemplo).

São frequentes arrombamentos de carros em parques de estacionamento ou de estações de serviço nas autoestradas, especialmente na autoestrada Nápoles-Salerno. Os carros devem ficar sempre trancados, não se deixando nos mesmos quaisquer objetos, sobretudo se à vista, mesmo por um curto espaço de tempo.

Em caso de furto deverá ser apresentada queixa num posto de policia (carabinieri = Guarda Nacional Republica ou Polizia). Se o furto ocorrer em Roma, é preferível a "Questura de Roma" que possui um departamento: "Ufficio Stranieri", com pessoas habilitado para lidar com turistas (Via Génova, n.º2, Telf: 0646861 e Fax: 06 46862459).

Recomenda-se ainda especial atenção na utilização de multibancos dado que por vezes se verifica a ocorrência de diversos esquemas fraudulentos (como duplicação da banda magnética do cartão bancário ou gravação do PIN). Opte por caixas multibanco situadas em locais centrais e bem iluminados.

Recorrer somente aos serviços de táxis oficiais devidamente identificados como tal.

Para informações mais pormenorizadas sobre as condições de viagem é possível contactar o Automóvel Clube Italiano. Esses dados podem ainda ser objecto de consulta no endereço www.Viaggiaresicuri.mae.aci.it.

Números de telefone de Emergência

- Emergências: 113; - Bombeiros: 115;

- Guarda nacional/Carabinieri (número geral): 112.

Transportes

Transportes Públicos

São relativamente frequentes as greves dos transportes públicos cujo pré-aviso nem sempre é feito com muita antecedência. Para mais informações, consulte o site do Ministério das Infraestruturas e dos Transportes (http://www.mit.gov.it/mit/site.php) ou os sites das empresas públicas de transportes de cada região.  

Viajar de avião

Aeroportos internacionais: Milão, Roma, Bolonha, Florença, Génova, Nápoles, Veneza e Trieste.

Viajar de carro

A Itália possui uma boa rede de estradas.

Alerta-se para o facto de em várias cidades italianas, no centro histórico, assinalado como ZTL (“Zona Traffico Limitato”) e vigiado com vídeocâmaras, ser admitida a circulação apenas a táxis, serviços públicos e automóveis munidos de autorização para o efeito. 

Porém, a proibição de acesso às referidas áreas nem sempre está sinalizada de forma clara. Deve por isso ser prestada a maior atenção na circulação com viaturas próprias ou alugadas, tendo em conta que o incumprimento do código da estrada italiano implica a aplicação de multas pela polícia italiana, que serão enviadas aos infractores.

Relativamente às infracções com carros alugados, é frequente a cobrança de taxas administrativas por parte das empresas alugadoras de automóveis (cobrança essa normalmente prevista nos contratos de aluguer, quando é prestada  informação às autoridades policiais no caso de os clientes terem cometido alguma infração ao código da estrada).

No link http://www.unicataxibologna.it/utilita/ztl.pdf pode ser consultada uma listagem das principais cidades italianas com limitações de circulação no respectivo centro histórico (ZTL).

Informações complementares sobre as restrições ao trânsito nas cidades visitadas poderão pesquisadas na internet (por exemplo, “Comune di ….(cidade visitada) ……”  e/ou  em “Polizia Municipale di …… (cidade visitada)” ou no link europeu   http://europa.eu

Cuidados de saúde

As condições sanitárias em Itália são idênticas às do nosso país.

O viajante deve ser portador do Cartão Europeu de Seguro de Doença, para poder beneficiar, nos mesmos termos que os nacionais italianos, das prestações de saúde que possam ser necessárias, durante a estada no país. A repatriação médica, ou o prosseguimento de tratamentos médicos anteriormente iniciados, ou tratamentos de natureza não urgente, não estão incluídos ou abrangidos por aqueles cuidados.

Seguros: é aconselhável a realização de um seguro de viagem em Portugal, com aplicação em Itália.

Telecomunicações

Boas. A rede telefónica é moderna e permite o acesso a telemóveis.

O indicativo do país é (00 39).

Informações úteis

Representação Diplomática: Embaixada de Portugal em Roma.

http//www.roma.embaixadaportugal.mne.pt

Endereços das representações consulares portuguesas (postos e secções consulares) no estrangeiro: - http://www.portaldascomunidades.mne.pt/

Endereços das representações estrangeiras (diplomáticas e consulares) em Portugal:

- http://www.mne.gov.pt/mne/pt/ministerio/CorpoDiplomatico/

Partilhar:
FacebookTwitterGoogle +E-mail