Última atualização: 2019-03-19

 

Nota importante

As presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionam apenas como indicações e conselhos, e são suscetíveis de alteração a qualquer momento. Nem o Estado Português, nem as representações diplomáticas e consulares, poderão ser responsabilizadas pelos danos ou prejuízos em pessoas e/ou bens daí advenientes.

 

AVISO

COVID-19 – Encerramento das fronteiras (atualizado a 19/03/2020)

Apesar da Hungria permitir a entrada de cidadãos da UE com residência permanente no país (devidamente comprovada com cartão de residência e de morada) têm acontecido inúmeros atrasos na verificação da documentação apresentada por estes cidadãos que, por vezes, são forçados a esperar várias horas no aeroporto. Até a situação estar normalizada, recomendamos que, antes de viajar, se certifique que tem os originais de toda a documentação que comprova que é residente na Hungria e se prepare para longos períodos de espera no aeroporto.

Recomendamos também a consulta do sítio do Aeroporto de Budapeste (https://www.bud.hu/en/coronavirus) e das companhias aéreas para informações sobre possíveis cancelamentos ou alterações.

COVID - Encerramento de fronteiras

(16.03.2020) Governo húngaro acabou de informar que as fronteiras do país serão encerradas à circulação de passageiros a partir da meia-noite de hoje. Este encerramento afetará o Aeroporto de Budapeste que continuará aberto; todavia, só os cidadãos húngaros ou residentes na Hungria poderão entrar no país. Relativamente aos voos de saída, recomenda-se a consulta das companhias aéreas para informações sobre possíveis cancelamentos ou alterações

 

Aviso

Coronavírus COVID-19 (atualizado a 11/03/2020)

Para evitar a propagação do Coronavírus, o Governo húngaro decretou o estado de emergência. Esta situação terá impacto no funcionamento de alguns serviços e poderá levar ao cancelamento de eventos públicos. Entre as medidas agora decretadas destacam-se:

- A proibição da entrada de pessoas provenientes de Itália, China, Coreia do Sul e Irão;

- Reposição de controlos nas fronteiras Schengen da Hungria com a Eslovénia e a Áustria (poderá afetar a circulação entre estes países);

- Cancelamento de eventos em recintos fechados com mais 100 pessoas e em recintos abertos com mais de 500 pessoas;

- Encerramento temporário das universidades;

- Suspensão do programa húngaro de intercâmbio de estudantes (Határtalanul!).

Para mais informações, recomendamos a consulta do sítio oficial do Governo húngaro sobre o Coronavírus (em Inglês): http://abouthungary.hu/news-in-brief/coronavirus-heres-the-latest/

 

Atendendo às circunstâncias especiais que o fluxo de refugiados está a provocar na região foram acionadas medidas reforçadas de policiamento e controlo de documentação nos postos de fronteira, que podem provocar atrasos nas viagens. Esta situação tem acarretado, igualmente, congestionamento de tráfego e interrupções no funcionamento de transportes como comboios e autocarros.

Assim, aconselham-se os cidadãos nacionais que se desloquem a esta região a estarem munidos de documentos de viagem e de identificação válidos: passaporte ou cartão de cidadão (um por passageiro, incluindo crianças) e a informarem-se previamente junto das Autoridades dos países de destino das condições de acesso aos seus territórios, designadamente dos postos de fronteira que estejam operacionais e de quaisquer outras condições de segurança que aí estejam em vigor.

Chama-se a atenção para o facto de a circulação de pessoas e bens do e para o espaço europeu dever obedecer a regras de direito internacional, que são distintas das aplicáveis no interior do espaço europeu de livre circulação.

 

 

 

  • Partilhe