Portal das Comunidades Portuguesas

Ministério dos Negócios Estrangeiros

Geórgia

Última atualização: 2015-07-17
 
 
Nota Importante
 
As presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionam apenas como indicações e conselhos, e são suscetíveis de alteração, a qualquer momento. Nem o Estado Português, nem as representações diplomáticas e consulares, poderão ser responsabilizados pelos danos ou prejuízos em pessoas e/ou bens daí advenientes. 
 
 
Aviso
 
Desaconselham-se quaisquer deslocações às regiões da Abkhazia e da Ossétia do Sul, bem como às áreas mais próximas da fronteira com a Rússia.
 
 

Informação Geral 

 
Clima
 
O clima é continental e diversificado, com duas zonas climáticas principais - leste e oeste do país. As montanhas do Cáucaso tem grande importância, moderando o clima georgiano e protegendo o país da penetração de correntes de ar gélidas provenientes do extremo setentrional. Os pequenos montes do Cáucaso também protegem parcialmente a região da influência de massas de ar quentes e secas do sul.
 
Línguas
 
Língua oficial - georgiano
Outras línguas correntemente usadas - russo, arménio, azeri.
 
Moeda local / sistema bancário
 
A divisa georgiana é o lari. Os preços estão usualmente marcados em dólares US ou €, ainda que o pagamento seja feito na divisa local. A rede ATM está já bastante difundida nas principais cidades e o cartão de crédito é aceite nos principais estabelecimentos comerciais.
 

Regime de entrada e estada

 

Os cidadãos portugueses, tal como os cidadãos dos restantes Estados-Membros da UE, poderão entrar no território da Geórgia apenas munidos de cartão do cidadão, devendo informar-se sobre a duração da estada permitida junto das Autoridades daquele país.

Regime de vistos
 
Os cidadãos portugueses não necessitam de visto para estadas até 1 ano. A extensão do visto pode ser obtida junto da Agência de Registo Civil do Ministério da Justiça.
 
Restrições aduaneiras
 
Fazer sair do país livros antigos, pinturas tapetes e outros elementos que podem estar classificados como património nacional requer uma autorização especial do Ministério da Cultura.
 

Condições de segurança

 
A capital Tbilisi e os principais centros urbanos do país não sofrem de problemas maiores de segurança, para além da delinquência comum que, contudo, tem vindo a aumentar. Em Tbilisi, recomenda-se especial cautela aos viajantes que circulem pelas zonas de maior afluência turística como Vake e Saburtalo.
 
A Geórgia é um país de trânsito de drogas, cujo consumo é severamente punido. Deverá sempre utilizar-se o serviço oficial de táxis. É aconselhável dispor de uma cópia do passaporte, mantendo o original em local seguro.
 
Devido a tensões políticas e militares persistentes existem sérios riscos de violência e até mesmo de conflito armado nas regiões da Abkházia e da Ossétia do Sul, sendo veementemente desaconselhada qualquer deslocação a esses territórios e às áreas de fronteira com a Rússia.
 
Em qualquer circunstância, os cidadãos nacionais que pretendam deslocar-se à Geórgia deverão informar-se da evolução dos últimos acontecimentos no país, dada a instabilidade e actos de violência que vão ocorrendo em algumas regiões. 
 
Números de telefone de emergência
 
Polícia: 022;
- Ambulância: (03) 940 303 e 440 303.
 

Transportes

 
Transportes aéreos
 
Os procedimentos de manutenção das averonaves nem sempre são respeitados. Se possível utilize os serviços de uma companhia aérea europeia.
 
Transportes rodoviários
  
As estradas encontram-se em muito mau estado e a sinalização é quase inexistente. O parque automóvel está degradado, é pouco seguro e a condução pouco disciplinada. Qualquer taxa de alcoolémia superior a 0 g/l é punível por lei.
 
Transportes ferroviários
 
A rede de caminhos-de-ferro não é extensa e os serviços são lentos. É aconselhável não viajar sozinho, nunca deixar a bagagem abandonada e fechar sempre por dentro a porta do compartimento.
 

Cuidados de saúde

 
É aconselhável beber apenas água engarrafada ou filtrada e os viajantes deverão precaver-se contra os riscos de gastroenterite. Há surtos esporádicos de raiva, sendo igualmente aconselhável ter actualizadas as vacinas contra a difteria, tétano e hepatite A e B.
 
No início da viagem deverá ser contratado um seguro médico com cobertura total de eventuais tratamentos médicos e de acidentes, incluindo a possibilidade de repatriamento. Existem diversas clínicas e hospitais privados em Tbilisi, alguns dos quais internacionais, que são contudo bastante dispendiosos. No resto do país, os cuidados médicos podem ser limitados.
 
Unidades de saúde
 
- Centro Médico David Tatishvili: Rua Abuladze, Tbilissi – Tel. (00 995) 32913119 / 32913242;
- MediClub Geórgia: Avenida Chavchavadze 5, Tbilissi – Tel. (00 995) 32251991.
 

Informações úteis

  
Não existe representação diplomática portuguesa na Geórgia sendo os assuntos deste país acompanhados pela Embaixada de Portugal em Ancara (Turquia).
 
Endereços das representações consulares portuguesas (postos e secções consulares) no estrangeiro: http://www.portaldascomunidades.mne.pt
 
Endereços das representações estrangeiras (diplomáticas e consulares) em Portugal:

Posto honorário de Portugal na Geórgia

Consulado Honorário de Portugal em Tbilissi Kakha Sharabidze. 

Endereço: Business Legal Bureau 5/16-18 Marjanishvili Street, II Building, II Floor, 0102 Tbilissi, Georgia

Telefone: 00995322999755

Tel/Fax: 00995322995797

e-mail: blb@blb.ge url: www.blb.ge

Partilhar:
FacebookTwitterGoogle +E-mail