Última atualização: 19/02/2020

Nota importante
As presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionam apenas como indicações e conselhos, e são susceptíveis de alteração a qualquer momento. Nem o Estado Português, nem as representações diplomáticas e consulares, poderão ser responsabilizadas pelos danos ou prejuízos em pessoas e/ou bens daí advenientes.

 

Avisos

 

(Atualizado a 19/02/2020) - A secção consular da Embaixada de Portugal em Pequim, bem como os Consulados-Gerais de Portugal em Xangai e Cantão estão a funcionar mas para evitar excessiva concentração de utentes ou deslocações infrutíferas, todos os atendimentos aos utentes são feito mediante marcação prévia.

O Consulado-Geral em Macau, seguindo as recomendações das autoridades locais, mantém-se encerrado.

Coronavírus 2019-nCov (Atualizado a 19/02/2020)

Na sequência do surto de pneumonia provocado por um novo coronavírus (2019-nCov), desaconselham-se viagens não essenciais à China. Esta recomendação tem em conta quer os potenciais riscos para a saúde pública quer todas as presentes limitações à circulação no país, incluindo ligações aéreas domésticas e internacionais. Recomenda-se ainda a leitura atenta do aviso dedicado a este tema. (link)

Caso resida em Pequim mas se encontre de momento fora da cidade, na China ou em qualquer outro país, poderá ser sujeito a um regime de quarentena pelo período de 14 dias aquando do seu regresso a esta capital, que deverá cumprir no domicílio ou num dos locais designados para o efeito por estas autoridades.

Coronavírus COVID-19 (Atualizado a 19/02/2020)

Na sequência do surto de pneumonia provocado por um novo coronavírus (COVID-19), desaconselham-se todas as deslocações à província de Hubei e viagens não essenciais à China. Esta recomendação tem em conta os potenciais riscos para a saúde pública e as presentes limitações à circulação no país, incluindo ligações aéreas domésticas e internacionais. Recomenda-se ainda a leitura atenta do aviso dedicado a este tema.

Na sequência do surto de coronavírus, verificam-se condicionalismos no atendimento ao público também nos centros de vistos da VFS em toda a República Popular da China. Para mais informações, recomenda-se a consulta ao portal de vistos.

 

  • Partilhe