Portal das Comunidades Portuguesas

Ministério dos Negócios Estrangeiros

Coreia do Norte

 

Última atualização: 2015-02-19

 

Nota importante

As presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionam apenas como indicações e conselhos, e são susceptíveis de alteração a qualquer momento. Nem o Estado Português, nem as representações diplomáticas e consulares, poderão ser responsabilizadas pelos danos ou prejuízos em pessoas e/ou bens daí advenientes.

ALERTA

Desaconselham-se as viagens não essenciais.

Informação geral

 

Geografia: A Coreia do Norte está localizada na Ásia, leste da Ásia, metade da Península Coreana, entre a China e a Coreia do Sul (República da Coreia) A capital é Pyongyang e a população ronda os 22 milhões.
Acordos de segurança social – Não existem acordos de segurança social entre Portugal e a Coreia do Norte.
Clima
O clima é temperado com 4 estações. A Primavera é fresca e soalheira com temperatura média de 10ºC. O Verão é quente, por vezes com chuva no final do dia e a temperatura média é de 24ºC. O Outono é variável com temperatura média de 19ºC. O Inverno é frio, com céu limpo e temperatura média de -4ºC.
Línguas
A língua oficial é o coreano.
Moeda local / Sistema Bancário
A moeda local é o North Korean Won (KPW).

Regime de entrada e estada

Regime de Vistos: Não é permitida a entrada no território a turistas que não estejam integrados em grupos de turismo organizado. Assinale-se que não é permitida a entrada a jornalistas e fotógrafos com vistos de turismo.
O visto é obrigatório e o pedido terá que ser feito através da agência de viagens organizadora com pelo menos 4 semanas de antecedência. A documentação a apresentar é a seguinte:
- 2 fotografias;
- uma carta da entidade patronal confirmando a posição do requerente e local de trabalho;
- uma pequena nota biográfica.
O visto só será confirmado uns dias antes da partida e só é emitido quando há confirmação do pagamento da viagem. O visto é aposto num documento de viagem colectivo.



Condições de segurança

Potenciais riscos decorrentes da situação de tensão que se vive na Península coreana deverão ser devidamente ponderados no planeamento de deslocações à Coreia do Norte.
Qualquer actividade turística é estritamente enquadrada, não sendo grande parte do país acessível aos visitantes. Convirá assegurar sempre a segurança dos bens pessoais, em especial dos documentos de identificação e de viagem.

Transportes

A Coreia do Norte tem cerca de 87 aeroportos sendo que 39 deles têm pistas pavimentadas. O principal aeroporto fica em Pyongyang.
A rede de transportes ferroviários cobre cerca de 5,000 km. A rede de transportes rodoviários cobre cerca de 31,200 de km, sendo 1,997 km pavimentados. A vasta costa marítima permite a existência de vários portos marítimos, como o porto de Ch'ongjin, Haeju, Hungnam, Kimch'aek, Kosong, Najin, Namp'o, Sinuiju, etc.



Cuidados de saúde

As condições sanitárias são rudimentares. É aconselhável não consumir alimentos crus, nem beber água da torneira.
Aconselha-se a vacinação contra a Hepatite A e Tifóide.
Seguros – Os visitantes devem certificar-se que o seu seguro de saúde cobre o território da Coreia do Norte. Em casos de emergência ou evacuação urgente, a China onde existem clínicas internacionais será o destino mais próximo aconselhável. Um estrangeiro doente beneficiará sem dúvida do melhor tratamento disponível mas a maioria dos hospitais enfrenta graves carências em termos de equipamento médico básico e de medicamentos disponíveis.


Telecomunicações


Rede de Telecomunicações: As comunicações telefónicas internacionais são possíveis mas estarão sempre sob escuta ou fiscalizadas. É mais barato ligar da recepção do hotel do que a partir do quarto.
Não é permitida a utilização de telemóveis. Os visitantes deverão entregá-lo na alfândega, aquando da entrada no território, o qual será devolvido à saída. Durante a estadia, também não terão acesso à Internet ou E-mail.
A rede de telemóveis local não permite chamadas para o exterior.

Informações úteis


Notas:
Não existe representação diplomática portuguesa na Coreia do Norte, sendo os assuntos deste país acompanhados pela Embaixada de Portugal em Seul.
Endereços das representações consulares portuguesas (postos e secções consulares) no estrangeiro:
http://www.portaldascomunidades.mne.pt
Endereços das representações estrangeiras (diplomáticas e consulares) em Portugal:
http://www.min-nestrangeiros.pt/



 

Partilhar:
FacebookTwitterGoogle +E-mail