Portal das Comunidades Portuguesas

Ministério dos Negócios Estrangeiros

Cook (Ilhas)

Última actualização: 2015-02-19

 

Nota importante:

As presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionam apenas como indicações e conselhos, e são susceptíveis de alteração a qualquer momento. Nem o Estado Português, nem as representações diplomáticas e consulares, poderão ser responsabilizadas pelos danos ou prejuízos em pessoas e/ou bens daí advenientes

Informação Geral

O Arquipélago das Cook é composto por 15 ilhas, divididas em 2 grupos, no Sul do Oceano Pacífico, entre o Havai e a Nova Zelândia. A capital é Avarua, na ilha de Rarotonga.

As Ilhas Cook (IC) têm uma democracia parlamentar com auto-governo, em associação livre com a Nova Zelândia. Os equipamentos e os serviços turísticos são bons.

Clima

Clima Tropical, com monções - época das chuvas e monções entre Novembro e Fevereiro. As viagens deverão ser planeadas após obtenção de prévia informação das condições climatéricas.

Línguas

A língua oficial é o inglês, falando-se também o maori.

Moeda local / sistema bancário

A moeda local é o dólar neozelandês (NZD). A taxa de câmbio poderá ser obtida em www.bportugal.pt.

Os principais cartões de crédito são aceites na maior parte dos hotéis, lojas e restaurantes. Os Traveller cheques e as principais divisas são aceites nos principais hotéis e lojas.

Existe um ATM no Banco ANZ em Avarua. Por vezes, os bancos indicam um novo PIN para acesso a contas bancárias noutros países.

Regime de entrada e estada

Para deslocações, em turismo, negócios ou estudo, até 30 dias, os portugueses não necessitam da obtenção de visto. Basta que o viajante tenha um passaporte válido por 6 meses (ou mais) para além da data de partida, título de viagem de ida e volta e prova de alojamento e meios de subsistência durante a estadia. À saída o viajante tem de pagar uma taxa.

Para mais informações quanto a requisitos de entrada/saída, aconselha-se os viajantes a contactarem o Cook Islands Tourism Corporation

Condições de segurança

Boas. A grande maioria das visitas à Ilhas Cook ocorre sem problemas, não existindo preocupações sérias de segurança e a criminalidade baixa. Contudo os visitantes estrangeiros podem ser vítimas de carteiristas e roubos, bem como de assalto a automóveis, designadamente em zonas turísticas. Os viajantes devem ter em consideração que a pequena criminalidade, os roubos e assaltos a viaturas podem ocorrer, pelo que se aconselham as usuais precauções, especialmente à noite, designadamente não ostentar objectos de valor e não transportar elevadas quantias em dinheiro.

Outras informações importantes

- Polícia: 999
- Bombeiros: 998
- Emergência Médica: 996

Transportes

Não existe rede de transportes ferroviários e marítimos

Transporte aéreo

Existe um Aeroporto Internacional em Raratonga. A companhia aérea nacional (Air Raratonga) opera voos comerciais domésticos. A única companhia que opera voos Internacionais, para Rarotonga, e a partir de Auckland/Nova Zelândia, é a Air New Zealand.

Transporte rodoviário

Existem 2 estradas principais, uma das quais alcatroada. A estrada principal (19 km) ao redor da ilha é pavimentada. As restantes estradas não são pavimentadas.

Os condutores precisam de obter uma carta de condução das Ilhas Cook para ali poderem conduzir. A carta de condução pode ser obtida no Posto de Polícia de Avarua, bastando para tal a mera apresentação de outra carta de condução.

Segurança rodoviária

A condução deve ser cautelosa, já que os acidentes de viação são frequentes, e efectua-se pelo lado esquerdo da faixa de rodagem.

Cuidados de saúde

As facilidades de saúde são adequadas para o tratamento de condições médicas de rotina. Para condições médicas mais complexas deverá recorrer-se a evacuação para a Nova Zelândia ou Austrália.

Os cuidados de saúde de doenças graves, que requeiram hospitalização e/ou evacuação médica, podem ser dispendiosos e, normalmente, exigem pagamento adiantado, em dinheiro, antes da prestação dos serviços.

Existem serviços médicos e dentários em Rarotonga, incluindo serviços hospitalares e de emergência. Existem 2 farmácias que aviam receitas médicas.

As seguintes doenças podem ocorrer: Hepatite A, Febre Tifóide e Febre Dengue.

Deverá ser consultado um médico em Portugal para aconselhamento quanto a medidas de prevenção.

Aconselha-se a realização de um seguro de saúde em Portugal que cubra todo o período das férias e a possibilidade de evacuação.

Endereços dos principais Hospitais e Clínicas

- Avarua Hospital, Avarua - Tel. +682 22644

Telecomunicações

Razoáveis, com rede fixa e móvel. Os serviços são adequados. O código do país é 682.

Informações úteis

Não existe representação diplomática portuguesa nas Ilhas Cook, sendo os assuntos deste país acompanhados pela Embaixada de Portugal em Camberra:
- Endereço: Suites 8 & 9, Stephen House, 32 Thesiger Court, 2600 Deakin, ACT Camberra, Austrália
- Tel. +61 2 62604970 / +61 2 62605664 / +61 2 62812473 – Fax. +61 2 62814387 - Email: embportcamb@internode.on.net

As questões de natureza consular relativas a este país são acompanhadas pelo Consulado-Geral de Portugal em Sidney:
- Endereço: Level 17, 55 Clarence Street, NSW 2000 Sydney, Austrália
- Tel. +61 2 9262 2199 – Fax. +61 2 9262 5991 - Email: mail@cgsyd.dgaccp.pt.

Endereços das representações consulares portuguesas (postos e secções consulares) no estrangeiro: http://www.portaldascomunidades.mne.pt

Para obtenção de informação relevante para turistas poderão ser contactados:
- Cook Islands Tourism Corporation Contact Person : Lydia Nga (PO BOX 14, Rarotonga, Cook Islands; Tel: 29435/ 6; Fax: 21435; E-mail: tourism@cookislands.co.ck;
- Website: www.cook-islands.com
- Ministry of Foreign Affairs & Immigration (PO BOX 15, Rarotoga, Cook Islands; Tel:. 29347; Fax: 21247).

Endereços das representações estrangeiras (diplomáticas e consulares) em Portugal: http://www.min-nestrangeiros.pt/mne/missoes/

 

 

 

Partilhar:
FacebookTwitterGoogle +E-mail