Portal das Comunidades Portuguesas

Ministério dos Negócios Estrangeiros

Casaquistão

Última actualização: 2017-08-08

 

Nota importante

As presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionam apenas como indicações e conselhos, e são susceptíveis de alteração a qualquer momento. Nem o Estado Português, nem as representações diplomáticas e consulares, poderão ser responsabilizadas pelos danos ou prejuízos em pessoas e/ou bens daí advenientes.

Informação Geral

Clima

O clima é continental, com Verões quentes e Invernos muito frios. São de esperar temperaturas negativas entre outubro e abril (que, em Astana, podem atingir picos inferiores a -30C, sobretudo entre dezembro e fevereiro). Os nevões são frequentes.
Encontram-se no Cazaquistão diversos tipos de zonas climáticas: estepe, floresta, montanha, deserto e regiões semi-desérticas.

Língua

As línguas oficiais são o cazaque (da família das línguas turcomanas) e o russo.
A língua russa constitui o principal meio de comunicação na generalidade do país, com a exceção das regiões do Sul e Oeste, onde o cazaque desempenha o papel dominante. O domínio da língua inglesa pela população local é reduzido, embora se note uma tendência para o aumento progressivo do número de falantes, nomeadamente entre a população jovem dos principais centros urbanos.

Principais centros urbanos

Capital: Astana, 1 milhão de habitantes, situada no centro do país em plena estepe.

Maior cidade: Almaty, 1,5 milhões, situada no Sudoeste, próximo da fronteira com o Quirguistão.

Moeda local / sistema bancário

A moeda local é o Tenge (KZT). É possível utilizar os cartões de crédito mais comuns nas principais estruturas hoteleiras e turísticas, bem como em muitas lojas e centros comerciais das maiores cidades.

Regime de entrada e estada

Os cidadãos portugueses não necessitam de visto de entrada para estadias de turismo ou negócios que não ultrapassem 30 dias. Para estadias de duração superior é sempre necessário visto (exceção feita aos titulares de passaportes diplomáticos).

À chegada, deve preencher e entregar no controlo de passaportes um pequeno formulário, através do qual é efetuado o registo do viajante (deve indicar a morada durante a estadia e é útil ter à mão o “voucher” do hotel para a poder comprovar). É-lhe dado um recibo, que deve guardar cuidadosamente, de forma a poder apresentá-lo à saída.

O acesso de estrangeiros a zonas, nem sempre demarcadas, onde se situam infraestruturas sensíveis, carece de autorização prévia.

Exemplos de zonas deste tipo:
- Gvardeyskiy, na região de Almaty;
- Baykonur;
- Distritos de Karamchi e Kazalinsk em Kyzylorda.

Também é necessária uma autorização especial para viajar para zonas situadas numa faixa de 30 kms a partir das fronteiras. Neste caso, no entanto, estão previstas numerosas exceções, que permitem o acesso sem autorização prévia a todos os principais pontos de interesse turístico situados nessa faixa.


Os estrangeiros deverão estar sempre de posse do seu passaporte (sendo aconselhável igualmente tirar cópias do mesmo) para provar a sua identidade caso seja abordado pela Polícia.


Deverá deixar o território cazaque dentro de 30 dias (se entrou ao abrigo do regime de isenção de vistos) ou dentro do prazo estipulado no visto. Salienta-se que o dia de chegada (ainda que chegue próximo da meia-noite) e o da partida (ainda que parta logo após as 00:00 horas) contam como dias inteiros para a determinação do tempo efetivo da estada.

Para informação mais completa e atualizações sobre as condições de entrada e saída deverá consultar as autoridades cazaques.

Embaixada do Cazaquistão acreditada em Portugal: Embaixada do Cazaquistão em Paris – www.amb-kazakhstan.fr/5.aspx
Ministério dos Negócios Estrangeiros do Cazaquistão - www.mfa.gov.kz/en/

Condições de segurança

As condições de segurança são boas em termos gerais. A ocorrência de atos de pequena criminalidade é reduzida e a presença policial muito intensa. Em zonas mais remotas verifica-se um ligeiro decréscimo das condições de segurança, que fatores como as grandes distâncias e a barreira linguística podem facilmente agravar. Aconselha-se que, como em qualquer outro ambiente que não lhe é familiar, se mantenha vigilante e adote cuidados elementares de segurança.


O Sudoeste do país localiza-se numa região de risco sísmico.

Números de telefone de emergência:
- Polícia 101;
- Emergência médica 103.

 

Transportes

Transportes urbanos e transporte rodoviário

Tanto Almaty como Astana, dispõem de extensas redes de transportes públicos em autocarro. As viaturas utilizadas são, na sua maioria, modernas e garantem condições mínimas de conforto. Em Astana, no Inverno, as condições climáticas desaconselham a utilização deste tipo de transporte, sobretudo tendo em conta o tempo de espera nas paragens e o facto de serem ainda poucas as que dispõem de abrigos fechados.

Almaty dispõe de uma rede de metro com uma cobertura limitada, dado o reduzido número de linhas.

Estão disponíveis os mais diversos serviços de táxi, incluindo operadores locais devidamente identificados, empresas internacionais com reserva exclusivamente online e operadores informais (estes últimos naturalmente desaconselháveis para o viajante estrangeiro).

A rede viária nos principais centros urbanos é de qualidade e, regra geral, bem mantida.

 A rede de estradas é vasta e geralmente de má qualidade. A manutenção é as mais das vezes insuficiente, resultando em largas extensões de via degradada. As condições climatéricas predominantes no Inverno contribuem para agravar de forma significativa as condições de segurança da circulação rodoviária.

Está em construção uma rede de autoestradas com portagem, segundo padrões internacionais, mas a sua cobertura é ainda limitada (ainda não liga Astana a Almaty).

Não é tolerado qualquer grau de alcoolémia ao volante (tolerância zero).

Transporte ferroviário

Existe uma vasta rede de caminho-de-ferro, ligando todos os principais centros urbanos e assegurando ligações com os países vizinhos. A velocidade de circulação das composições é lenta e as distâncias frequentemente elevadas, pelo que há que prever longos tempos de viagem. A ligação noturna, em comboio-cama, entre Astana e Almaty é efetuada em composições modernas e com boas condições de conforto.

Transporte aéreo

Para além dos aeroportos internacionais de Astana e Almaty, os restantes núcleos urbanos de maiores dimensões dispõem também de aeroportos. O transporte aéreo é uma das soluções mais procuradas, tendo em conta as grandes distâncias a percorrer nas deslocações internas.

Cuidados de saúde

A água canalizada não é potável.

A assistência médica disponível nos principais centros urbanos é de boa qualidade.

Nas zonas de montanha e de floresta (em especial na região de Almaty) verifica-se a presença da carraça potencialmente portadora do vírus da febre da carraça (tick fever), suscetível nomeadamente de provocar febre hemorrágica e encefalite. O risco de exposição à mordida da carraça é mais elevado na Primavera, no período compreendido entre o final de abril e o início de julho. 

Aconselha-se que tenha o seu boletim de vacinas atualizado independentemente do destino da viagem.

Seguros: é recomendável a subscrição de uma apólice de seguro de viagem e de saúde com cobertura neste país.

Informações úteis

Embaixada de Portugal em Astana:
- Endereço: 6. Saryarka Street, Business Center Arman, 10th floor, 010000 Astana;

- Telefone: +7 717 276 8302;
- Telefone de emergência consular – a utilizar exclusivamente em situações de emergência – +7 775 786 7682;
- Encarregado de Negócios: Adelino Silva (adelino.silva@mne.pt).

Aconselham-se os viajantes de curto prazo a registar-se no Gabinete de Emergência Consular do MNE:
www.portaldascomunidades.mne.pt

Representações estrangeiras (diplomáticas e consulares) em Portugal:
www.mne.gov.pt/mne/pt/ministerio/CorpoDiplomatico/

 

 

 

Partilhar:
FacebookTwitterGoogle +E-mail