Última atualização: 2017-07-05

 

Nota importante

As presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionam apenas como indicações e conselhos, e são susceptíveis de alteração a qualquer momento. Nem o Estado Português, nem as representações diplomáticas e consulares, poderão ser responsabilizadas pelos danos ou prejuízos em pessoas e/ou bens daí advenientes.

Aviso

Desde Março 2015 que  a situação política no Burundi se encontra tensa. Incidentes violentos tem-se sucedido em  Bujumbura e no interior do país. A partir de Outubro último, o estado de violências ainda se agravou, pelo que todas as viagens ao Burundi são desaconselhadas.

Os Portugueses, que se encontrarem presentemente  no Burundi, deverão ser extremamente vigilantes, e, acompanhar sempre as  noticias locais. Deverão evitar as barragens militares, qualquer ajuntamento ou manifestação e respeitar  toda as instruções transmitidas pelas  autoridades locais (como recolher obrigatório, etc.)

O Burundi foi recentemente alvo de ameaças terroristas. Pelo que se recomenda evitar os locais públicos onde se concentre  um grande número de pessoas, como estações rodoviárias, mercados e lojas de bebidas.

As províncias vizinhas da RDC, Bubanza e Cibitoke, devido aos confrontos armados que ocorrem a Leste da RDC, são as regiões mais perigosas do Burundi. Aí se perpetuam actos de banditismo, tráfico de armas de pequeno calibre, raptos e ataques a civis perpetuados por ex-soldados, rebeldes e gangues de jovens delinquentes.


 

Lista de Países