As autoridades de saúde chinesas e a Organização Mundial da Saúde (OMS) confirmaram a ocorrência de um grave surto de pneumonia, causada por um novo coronavírus (COVID-19), com epicentro na cidade de Wuhan, na província de Hubei. Este surto foi classificado pela Organização Mundial da Saúde, emergência de saúde pública de interesse internacional.

Na sequência deste surto, o Ministério dos Negócios Estrangeiros procede às recomendações seguintes:

Viagens à China

Nas presentes circunstâncias, desaconselham-se todas as deslocações à Província de Hubei e viagens não essenciais à China. Esta recomendação tem em conta os potenciais riscos para a saúde e as presentes limitações à circulação no país, incluindo ligações aéreas domésticas e internacionais.

Recorda-se que o número de casos confirmados, bem como de vítimas mortais, tem aumentado diariamente, encontrando-se disseminados por diversas regiões do país. Esta situação levou a que as autoridades chinesas tomassem uma série de medidas restritivas da circulação de pessoas em toda a China e encerrassem preventivamente locais turísticos.

Viagens aos países da região

Para além da situação na China verificam-se situações de contágio noutros países do mundo, incluído no sudeste asiático, na Europa e nos Estados Unidos. Recomenda-se prudência nas viagens a países que se encontram geograficamente próximos da China, que pela sua situação geográfica e condicionalismos locais se encontrem mais suscetíveis a uma disseminação do surto.

Recomendações e cuidados a ter

Nas presentes circunstâncias, os viajantes e residentes na China e nos países da região devem manter-se constantemente informados quanto ao evoluir da situação e atentos às recomendações publicadas nos portais da Direção-Geral da Saúde (DGS), da Organização Mundial da Saúde (OMS) e às informações divulgadas pelas autoridades de saúde locais.

Aconselham-se ainda os viajantes a efetuar o registo das suas viagens na aplicação Registo Viajante. Aos residentes, recomenda-se que, caso não o tenham ainda feito, procedam à sua inscrição consular ou à respetiva atualização junto do posto consular da respetiva área de residência.

Em caso de emergência, os cidadãos devem contactar o Gabinete de Emergência Consular, disponível 24 horas por dia e sete dias por semana, através dos contactos telefónicos + 351 217 929 714 e + 351 961 706 472 e do endereço de correio eletrónico gec@mne.pt.

  • Partilhe